Meta.X encara desafio e muda sistema de siderúrgica da água pro vinho

Desde o início da construção da ThyssenKrupp CSA (TKCSA), em 2008, devido limitações dos sistemas que estavam em operação, essa siderúrgica estava enfrentando desafios para melhorar o controle dos seus terceirizados e obter informações mais ágeis e confiáveis dos mesmos. Para mitigar o problema, havia uma equipe trabalhando durante todo o dia apenas para gerar relatórios, chegando ao ponto de 2013 consumir um dia de expediente para concluir os relatórios.


Como solução, a Meta foi contratada em 2014 para projetar, desenvolver e fornecer um sistema web de Controle de Acesso customizado para a TKCSA, denominado Controlsys, em substituição aos sistemas em operação nessa siderúrgica na época. O projeto foi concebido para controle de empregados, terceiros, fornecedores, visitantes, veículos e materiais, tudo por meio de equipamentos de acesso distribuídos pelos pontos de entrada e saída das diversas áreas do Complexo Siderúrgico, além de apoiar processos de negócios de controle de legalidade e segurança empresarial e fornecer diversos relatórios gerenciais.


Equipe Meta reunida para tratativas sobre os processos de acessos a serem sistematizados na CSA.

O primeiro grande desafio do projeto foi planejar e gerenciar a execução da instalação da infraestrutura civil e lógica, instalação dos novos equipamentos de controle de acesso e dos novos servidores, e substituição dos hardwares dos antigos sistemas.


As tarefas de planejamento, levantamento e análise de requisitos, instalação, homologação, treinamento e coordenação foram realizadas diretamente pela equipe local da Meta Central de Serviços, cabendo a TKCSA a aprovação e validação. Já as tarefas de codificação e testes foram realizadas pela equipe remota da Meta, no Espírito Santo.


O projeto teve duas fases: a primeira fase para desenvolvimento do sistema com as funcionalidades para capacitá-lo a substituir o antigo sistema e instalação dos equipamentos e do sistema localmente na infraestrutura do cliente e a segunda fase para o desenvolvimento de melhorias e customizações.



O projeto durou dois anos e proporcionou diversos benefícios, dentre eles:

- Possibilidade de customização e implantação de melhorias e novas funcionalidades.

- Licença de usuários ilimitada.

- Simplificou a atualização e manutenção.

- Aumentou a segurança (física e tecnológica).

- Incluiu novos critérios de bloqueio de acesso.

- Reduziu erros na entrada e saída de dados.

- Acelerou os processos de cadastro e de emissão de relatórios gerenciais.

- Reduziu custos com mão de obra.

- Proporcionou integração com outros sistemas utilizados.

- Eleminou controles paralelos dos usuários.

- Possibilitou a ampliação do controle de acesso para outras áreas do complexo.





Ao final do projeto de implantação, o sistema estava Controlsys controlando 65 equipamentos de acesso, dentre catracas, cancelas e portas, em portarias, refeitórios, área portuária e áreas internas.


Dando continuidade a parceria, em 2016 a Meta iniciou a prestação de Serviço de Suporte e Manutenção do sistema, com base nas melhores práticas definidas pela ITIL, atendendo com equipe local e remota.


Em 2017, a empresa Ternium concluiu a aquisição da siderúrgica TKCSA e manteve a Meta como parceira no suporte e manutenção do sistema.


Em 2020, encerrando assim 7 anos desse case de sucesso, a Meta.X fez a transição de conhecimento, código-fonte e documentações do sistema para equipe de TI própria da Ternium.

logo cabeçalho.png